BLOG
RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS ASSINE AGORA

Impactos do RPA no mercado de trabalho da área de TI

A área de recursos humanos e o surgimento de novas posições estão evoluindo em um ritmo acelerado – fazendo com que você provavelmente já tenha ouvido ou lido algo sobre a influência do RPA no mercado de trabalho.

Metodologias de fluxo de trabalho que envolvem automação e IA estão se tornando cada vez mais populares. Há um destaque especial para RPA – Automação de Processos Robóticos, onde a tecnologia é aplicada para organizar e executar tarefas repetitivas nos processos.

Como isso afeta a força de trabalho atual? Especialmente para os profissionais da área de TI, que podem encontrar muitas oportunidades?

Siga na leitura e entenda os impactos do RPA no mercado de trabalho e como isso pode se traduzir em oportunidades – para os profissionais e para as empresas.

RPA e seus impactos junto à força de trabalho

Sempre que falamos sobre Robotic Process, o mercado reage com medo da tecnologia substituir trabalhadores humanos e extinguir postos de trabalho.

Em contrapartida, uma pesquisa de 2017 estimou que a inteligência artificial ajudaria a criar mais empregos, em vez de substituir a força de trabalho humana. A estimativa é que em 2025 sejam criados cerca de dois milhões de novos postos de trabalho.

Isso deve acontecer porque uma queda temporária no número de empregos disponíveis será compensada pelo crescimento de empregos proporcionados pela automação. Muitos especialistas apontam ainda que o RPA tem os mesmos moldes do boom tecnológico que precedeu a Revolução Industrial e revolucionou a economia em todo o mundo.

RPA no mercado de trabalho da área de TI

Muitos novos e empolgantes postos de trabalhos serão criados pelo RPA, já que a automação exigirá um novo tipo de conjunto de habilidades.

Uma outra pesquisa apontou que mais da metade (52%) dos profissionais entrevistados concordou que, enquanto muitas funções serão assumidas pelas máquinas até 2025, a criação de novas oportunidades de emprego superará as funções que serão substituídas.

Isso se deve especialmente à capacidade estratégica e de inovação da força de trabalho humana – então enquanto a tecnologia cuida das tarefas repetitivas, os profissionais usarão estes skills em novas funções e habilidades voltadas para otimizar cada vez mais os processos de uma empresa.

Um bom exemplo foi o lançamento do primeiro automóvel, que substituiu o transporte feito por cavalos e carruagens.

Sua chegada automatizou o transporte como era conhecido – e gerou milhões de empregos na então nova indústria automotiva: engenheiros automotivos, especialistas em transmissão, supervisores de fábrica e muito mais.

Com uma visão mais atual, podemos já observar que a evolução trazida pelos carros elétricos trouxe novos postos de trabalhos: engenheiros elétricos e de softwares, arquitetos de soluções, profissionais que vão atuar nas estações de recarga, mecânicos treinados para consertar esses novos veículos.

Essa é apenas uma pequena parcela onde observamos o impacto da robotização no mercado de trabalho. Existem muitas outras indústrias, nos mais variados segmentos e locais de atuação em todo o mundo que demandarão novas funções – especialmente para os profissionais do setor de TI – à medida que a tecnologia de automação avança.

Além disso, esses novos postos de trabalho estarão mais voltados para as habilidades criativas e cognitivas únicas do cérebro humano, o que ajuda a proporcionar mais qualidade de vida e motivação junto à força de trabalho.

RPA traz evolução para todo o mercado

Tecnologias como RPA e Robótica têm um potencial significativo para fornecer valor para empresas em todo o mundo – ajudando a gerar crescimento em produtividade, eficiência e produção.

Como resultado do aumento da aplicação do RPA no mercado de trabalho, os processos de automação serão demandados por importantes empregadores de vários setores.

Especialmente agora, quando as organizações estão procurando novas maneiras de aumentar a eficiência em todos os departamentos.

Por isso os profissionais devem encarar a robotização de processos não como uma ameaça, mas sim como um mecanismo de otimização das habilidades e qualificações de cada um. Cabe às empresas adotarem a tecnologia – e rápido: seu concorrente pode liderar a mudança para o RPA no seu mercado se sua empresa não fizer isso.

Agora você já sabe mais sobre a influência da RPA no mercado de trabalho. Para manter-se atualizado sobre o setor e ficar por dentro de todas as tendências, assine nossa newsletter.

Multron
RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS