BLOG
RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS ASSINE AGORA

    As soluções tecnológicas estão desalinhadas com os objetivos da empresa? Entenda o papel da arquitetura de soluções

    As empresas têm buscado realizar sua transformação digital a fim de ampliar os horizontes de negócio – visando atingir novos resultados e consumidores para seus serviços.

    Nessa jornada, os percalços mais comuns são as dificuldades de integração com os sistemas, uma TI ágil que atenda demandas das áreas de negócio, responder de forma estruturada e rápida o crescimento exponencial almejado, tratando com eficiência e gerenciamento as soluções para  infraestrutura e modelos arquiteturais. 

    Atualmente a tecnologia está influenciando drasticamente os setores empresariais. O processo no qual as empresas fazem uso da tecnologia para melhorar o desempenho, aumentar o alcance e garantir resultados melhores é conhecido por transformação digital.

    Para planejar sua transformação com sucesso, se faz necessário entender a melhor forma de aliar a tecnologia às necessidades do negócio. A arquitetura de soluções atua primariamente na construção de soluções baseadas nas necessidades empresariais, fazendo uso dos serviços e recursos tecnológicos que a empresa já possui ou buscará incluir em seu portfólio, entregar novas soluções aos princípios arquiteturais, respeitando os padrões e integrações da empresa.

    Um arquiteto de solução precisa alcançar o sucesso dos projetos no qual está envolvido e ao mesmo tempo alinhar as expectativas da unidade de negócio responsável pelo projeto com os princípios arquiteturais e a reutilização das capacidades tecnológicas da empresa.

    O Papel da Arquitetura de Soluções nas Organizações

    As empresas do século XXI estão em constantes transformações, modernizando sua forma de atuação, levando novos conceitos e valores aos seus clientes, colaboradores, fornecedores e comunidade como um todo.

    Planejar soluções aderentes aos objetivos de negócio, mercado e time, tem se tornado uma desafio de extrema importância no contexto empresarial. Com a diversidade de tecnologia, evolução dos modelos de negócios e maior exigência de mercado e consumidores de serviços, o papel do arquiteto de soluções ganha protagonismo.

    O papel da arquitetura de soluções é ser o elo estratégico entre negócio e tecnologia executando a construção da solução com efetividade e precisão.

    A Arquitetura de Soluções foca em:

    • como usar a tecnologia para resolver um problema do negócio;
    • quais stacks tecnológicas podem ser usadas para implementar uma solução;
    • como escalar determinada solução;
    • adequar as tecnologias existentes na empresa a um contexto de resolução de problemas;
    • busca constante de know-how técnico para resolver problemas específicos de negócio;
    • especificar os requisitos funcionais e etapas necessárias para a implementação da solução;
    • criar protótipos (MVPs) de determinada solução;
    • trabalhar em conjunto com a Gerência de Projetos para se certificar que os recursos, planos e estratégias da solução estejam de acordo com os objetivos do projeto;
    • definir um framework de colaboração;
    • seguir guidelines e estratégias de arquitetura.

    Além dos tópicos citados acima, a arquitetura de soluções poderá contribuir com:

    • Comunicação efetiva;
    • Gestão de Riscos;
    • Maestria no processo de Desenvolvimento de Software;
    • Orientação a detalhes;
    • Soft Skills;
    • Gerenciamento efetivo de recursos.

    Todos estes desafios demandam uma estratégia bem estruturada de arquitetura. Portanto, para tirar o máximo proveito do seu investimento, sua empresa precisa de um parceiro adequado, que entenda e se antecipe às novas demandas do setor.

    Aproximação com o Negócio (Design First)

    A maioria das soluções são advindas das áreas de negócio – ao menos as que tratam produtos, com certeza são. Esse alinhamento e aproximação  com a área de negócio é primordial para o sucesso da solução. Captar os driver de negócio, seu objetivo e o propósito que envolve determinado produto são as chaves para o sucesso. É importante ter reuniões de designer de negócio e tecnologia para conceber a solução desejada.

    Esses momentos de design devem ser colaborativos e diversificados, onde o dono do produto passa sua necessidade, o dev-team entende a estratégia e o time de arquitetura ajuda projetando a solução, guiando e indicando caminhos estruturantes como:

    • ambiente de execução (cloud ou On Premisse);
    • escalabilidade;
    • frameworks;
    • repositórios de dados;
    • clean code;
    • camadas de segurança;
    • pipeline DevOps;
    • modelo de documentação e colaboração;
    • versionamento e release.

    Arquitetura Evolutiva (Step by Step)

    As soluções tecnológicas necessitam ser ágeis, colaborativa e evolutiva, logo nem sempre teremos uma visão completa na largada. O arquiteto de soluções faz parte de um time e, portanto,  assim como outros perfis do time, deve trabalhar de forma evolutiva e consciente. Consciente porque uma arquitetura evolutiva deverá às vezes abrir mão de alguns pontos no lançamento da solução, porém deve-se gerenciar bem os débitos técnicos e evoluir a solução sem deixar problemas por debaixo do tapete.

    Lançar MVP (Minimum Viable Product) faz parte da estratégia de testar o produto rápido e coletar feedback. Essa estratégia pode ser utilizada para projetos internos e externos.  A fim de alcançar um objetivo válido, a solução deveria testar todas as camadas da aplicação a fim de provar o conceito, ou seja, um bom MVP é uma fatia que atende  todas as camadas do protótipo que queira provar o conceito.

    Diversidade Tecnológica

    Com o advento da diversidade tecnológica, está cada vez mais complexo determinar um cenário de construção de soluções dentro de uma organização. São muitas tecnologias, linguagens, frameworks e provedores de soluções disponíveis a serem utilizados.

    A arquitetura de soluções tem atuação fundamental em gerenciar e governar o cardápio de tecnologia a ser empregado nas empresas. Estudar novas tecnologias, provar conceitos, criar projetos controlados e disseminar conhecimento faz parte da jornadas de arquitetura.

    A arquitetura não pode ser restritiva e sim evolutiva e colaborativa. Além do sucesso do produto de negócio, trazer diferencial competitivo advindo de novas soluções, oferecer  motivação aos times por estarem sempre evoluindo e entregando mais valores alinhados aos  propósitos da empresa.

    Um dos principais motivos pelos quais muitas empresas estão buscando evolução tecnológica é se manter mais competitivas e levar novas experiências aos seus consumidores de serviços.

    Através de novas experiências, sua organização pode obter serviços especializados e de alta qualidade, porém, precisamos nos preocupar com investimento em contratação, treinamento e infraestrutura para manter um recurso tecnológico. Para isso, como dito acima, manter um cardápio de soluções deve estar alinhado com as estratégias e propósitos da empresa e seus produtos.

    Também é importante dentro da disciplina de arquitetura de soluções estar antenado a fatores como:

    • Garantia de uma estratégia eficaz e altamente assertiva;
    • Acesso a uma equipe de especialistas certificados e experientes prontos para agir a cada demanda de sua empresa;
    • Preços previsíveis e custos gerenciáveis, que ​​tornam os serviços rentáveis ​​e com bom ROI;
    • Abordagem proativa da manutenção: sua empresa contará com total suporte em casos de bugs, problemas e correções;
    • Melhor utilização dos recursos, liberando sua equipe interna para que eles possam dedicar mais tempo a projetos de maior valor para sua organização;
    • Aprimoramento da segurança e cumprimento dos regulamentos de conformidade dentro dos parâmetros estabelecidos.

    Escolher o parceiro certo é determinante

    Como você pode perceber, a arquitetura de soluções cada vez mais faz parte do dia a dia e estratégia em sua empresa, para isso é essencial contar com o suporte de uma parceira de serviços alinhada para este novo cenário.

    O Grupo Mult é um bom exemplo de parceiro eficaz para sua empresa: como mais de 19 anos de mercado, sua equipe de especialistas trabalha com foco em arquitetura, DevOps, Cloud  integração e processos, nos novos conceitos de BPM, com projetos ágeis e entregas rápidas.

    Sua experiência na elaboração e desenvolvimento de projetos garante à sua empresa soluções personalizadas de acordo com suas necessidades, através do mapeamento da cadeia completa de um determinado processo, trazendo oportunidades no desenvolvimento de tecnologia e soluções.

    Como os métodos de desenvolvimento de software evoluíram significativamente nesses últimos anos, o Grupo Mult trabalha ativamente aplicando os conceitos de TI bimodal – englobando desde empresas que ainda não experimentaram um projeto ágil e precisam respeitar um PMO corporativo, além de orçamentos pouco flexíveis; passando por clientes que partiram para jornadas ágeis e práticas DevOps, até modelos com tribos organizadas em torno de backlogs retratando a jornada de construção de produtos ligados ao negócio.

    A Metodologia Mult engloba conceitos comoDesign Sprint e proporciona aos seus clientes e parceiros uma abordagem de aconselhamento e implementação em fases baseadas em padrões de arquitetura corporativa. Isso gera oportunidades em outras frentes, como a automatização de processos e ciclos mais ágeis de entregas e escolha que vão além de apenas mapear e automatizar.

    Com o Grupo Mult, suas demandas de arquitetura ficam em boas mãos. Clique e agende uma visita de nossos especialistas.

    * Conteúdo elaborado com o apoio dos profissionais Marcelo Umberto e André Almar, membros do time de arquitetura do Grupo Mult.

    Multron
    RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS