+55 31 3194 0400

O desenvolvimento orientado a testes, ou do inglês Test-Driven Development (TDD), é uma prática que permite pensar nos testes que devem ser feitos no código de desenvolvimento, antes mesmo de ter sido feito. 

No TDD, o teste é desenhado primeiro para ser aplicado após o desenvolvimento do código. A prática vem sendo amplamente utilizada e, com isso, gerando dúvidas nos desenvolvedores. Afinal, como é possível criar um teste para um código que ainda não foi criado? Vamos mostrar neste conteúdo. Confira!

O que é desenvolvimento orientado a testes (TDD)?

O desenvolvimento orientado a testes (TDD) é um processo usado antes ou durante o desenvolvimento de novos softwares. Seu objetivo é realizar um ciclo de repetições, enquanto o desenvolvedor escreve testes automatizados para validar requisitos, implementar novas funcionalidades, entre outros objetivos. 

Geralmente, o software é desenvolvido e, após ter o código concluído, os testes começam a ser feitos. Com o TDD, os testes são feitos antes do sistema ser codificado. Depois de escrever os testes que o código começa a ser feito. 

Parece impossível que isso aconteça, afinal, como é possível escrever um teste antes de saber o código do software? É mais simples do que parece e explicamos porquê. 

O teste deve levar em consideração quais os pontos que serão avaliados no projeto, mesmo que não tenha um código pronto, já se sabe quais são os recursos ou funcionalidades que o software deve ter ou entregar. 

Com base nessas informações, é possível pensar em erros que o sistema vai apresentar no futuro. Dessa forma, deve-se escrever os testes que podem validar esses erros. Cada projeto terá um TDD diferente, não existe receita para criá-los. 

Quando implementar o TDD?

O TDD deve ser aplicado sempre que o projeto precisa ser testado. Hoje em dia, a maior parte das linguagens de programação já contam com bibliotecas e frameworks próprios para a criação e aplicação de testes. Veja algumas orientações para implementar o TDD:

  • Verifique onde vai aplicar o teste. Alguns processos do sistema são mais relevantes para serem testados, nem todo projeto precisa de TDD;
  • Avalie a necessidade do TDD, projetos com métodos de linguagem nativos já foram testados por seus desenvolvedores;
  • Nem sempre o TDD será capaz de cobrir todo o sistema, mas isso não quer dizer que não está bem testado. 

Principais benefícios no desenvolvimento orientado a testes

O código será mais limpo e simples

O TDD incentiva o uso de baby steps (passos de bebê), ou seja, passos curtos durante o projeto. Por ser aplicado a cada passo do projeto, o TDD elimina os códigos que são desnecessários. Com isso, o código fica mais simples, pois a complexidade favorece o risco de erros.

A confiabilidade do código será maior

A prática do TDD faz com que os projetos passem por testes de validação frequentes. Dessa forma, o risco de um código apresentar erros ou bugs depois de finalizado é bem menor ou quase nulo. O sistema se torna mais confiável e menos propenso a apresentar bugs. 

Favorece o processo de documentação

O TDD pode servir como documentação para entender as funcionalidades do sistema. Mas isso só é possível, quando os testes são bem definidos e foram aplicados corretamente. 

Torna a Refactoring mais fácil

Os testes são rodados a cada refatoração, com isso nenhum erro ou quase nenhum passará pelos testes. Por exemplo, se em uma refatoração o código foi alterado e apresenta erros, no próximo teste ele será detectado, podendo ser corrigido para evitar que apareça novamente na próxima refactoring. 

Alguns profissionais veem o TDD como um processo que torna os projetos menos produtivos, acreditando que o melhor caminho é escrever todo código e testar no final. Esse pensamento é um equívoco, pois caso o código apresente diversos bugs e erros terá que ser escrito novamente, correndo o risco de ter que começar do zero.

O TDD antecipa a possibilidade de um erro, bug ou problema interferir no projeto e elimina o tempo perdido na criação de códigos muito complexos que não são realmente necessários. 

Ao iniciar a implementação do TDD na empresa, os desenvolvedores podem sentir uma diferença na execução dos projetos, mas com a prática e a rotina a tarefa se torna cada vez mais rápida e prática. Faça um teste, comece a aplicar TDD em seus projetos e veja os benefícios que você terá.

Precisa de ajuda para implementar processos de negócios em sua empresa? Entre em contato conosco.

Share This