+55 31 3194 0400

Domain-driven Design (DDD) ou desenvolvimento dirigido ao domínio é um conjunto de padrões e princípios usados para ajudar no desenvolvimento de aplicações que vão influenciar na melhor compreensão e uso do projeto. É visto como uma nova maneira de pensar sobre a metodologia de desenvolvimento

Muitas empresas estão investindo nesse modelo para alcançar o sucesso no desenvolvimento de suas aplicações. Neste artigo, mostraremos como o DDD pode ser implementado de forma efetiva. Confira!

O que é Domain-driven design?

O DDD é uma nova forma de pensar sobre a metodologia de desenvolvimento. Esse método trata a modelagem do domínio, com o objetivo de entendê-la primeiro e depois colocar as regras, terminologias e lógica da representação abstrata dentro do código, em forma de domínio.

Apesar de ser formado por blocos ou conceitos, que são incorporados a uma solução, o DDD não é um framework, mas sim uma automatização. O método entende o projeto de forma completa, com foco na modelagem do domínio e não da tecnologia em si.

Especialistas defendem que a metodologia está mais envolvida com a comunicação do que com o desenvolvimento propriamente dito. Isso porque usuários, analistas, desenvolvedores, arquitetos e outros profissionais da área trabalham juntos com o objetivo de construir o software guiado pelo domínio para atender as necessidades do cliente.

Como implementar um modelo efetivo de Domain-driven design?

Um modelo efetivo de Domain driven design deve ter riqueza de conhecimento, um código expressivo, com regras de negócio e processos bem definidos. Além disto, expressar seu conhecimentos e resolver os problemas do domínio. Para que isso seja possível, é necessário seguir algumas etapas:

Vincular o modelo com a implementação

Essa ação deve ser realizada ainda no início do modelo e ser mantido até o final. O objetivo é que a implementação seja reflexo do modelo. 

Cultivar a linguagem baseada no modelo

Os desenvolvedores e os especialistas em domínio devem entender sobre os termos uns dos outros. O objetivo é organizar a comunicação de forma estruturada, consistente e alinhada com o modelo. Evite ambiguidades. 

Desenvolver um modelo rico em conhecimento

O comportamento e os dados dos objetos são associados, mas o modelo não pode ser formado por uma estrutura de dados apenas. O modelo deve capturar o conhecimento do domínio para resolver os problemas que foram encontrados no caminho. 

Destilar o modelo

Conceitos importantes devem ser adicionados ao modelo. Da mesma forma, aqueles que não são relevantes devem ser removidos. Com isso, sempre que houver uma interação o modelo agregará mais valor. 

Fazer brainstorming e experimentação

São as conversas, reuniões, trocas de informação e interação que vão enriquecer o modelo. Brainstorming e diagramas ajudam no desenvolvimento das soluções e identificação das melhores caminhos a serem aplicados. 

Em DDD a modelagem e a implementação do código andam juntas, diferentemente de outro projetos, onde essas etapas são feitas de forma separada e quase não há comunicação entre seus envolvidos. Com isso, o DDD apresenta algumas vantagens. Veja quais são!

As vantagens do design controlado por domínio

Torna a comunicação entre as equipes mais fácil

Em ambientes de desenvolvimento é natural que termos mais técnicos sejam usados para discutir os projetos. Na modelagem DDD, a participação de profissionais de outras áreas é mais frequente, por isso a comunicação entre esses profissionais deve ser simples. 

Aumenta a flexibilidade dos projetos

O modelo DDD é baseado no conceito orientado por análises e design, por isso praticamente tudo dentro do domínio é baseado em um objeto. Isso faz com que o projeto seja mais modular, permitindo a alteração do sistema e a inclusão de novos componentes, de forma regular e contínua. 

Enfatiza a Domain Over Interface

A prática de construir em torno de conceitos e do que é mais aconselhável dentro de um projeto, contribui para que aplicativos mais adequados ao projeto em si. Isso quer dizer que o projeto pode ser mais adequado aos público do domínio.

A implementação de um modelo efetivo de Domain Driven Design pode ser realizada por profissionais de dentro da própria empresa, desde que sejam especialistas ou já tenham realizado esse tipo de implementação em outros projetos. 

Do contrário, o ideal é contratar uma equipe que possa prestar suporte e garantir e efetividade no projeto. Veja como podemos ajudá-lo

Share This