BLOG
RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS ASSINE AGORA

    SaaS e PaaS: conheça os modelos de nuvem e suas finalidades

    No mundo corporativo atual, a tecnologia proporcionada pelos diversos modelos de nuvem conquistou desde pequenos negócios às empresas globais. Se um ambiente corporativo envolve uma solução digital, há uma grande probabilidade de que seu serviço online seja baseado em nuvem.

    Há uma ampla seleção de modelos de nuvem disponíveis para empresas e usuários em todo o mundo. Escolher a solução certa pode ser difícil se seus especialistas não estiverem familiarizados com serviços mais populares, como PaaS, SaaS e outros.

    É por isso que estamos trazendo este artigo: para esclarecer o significado, os benefícios, os riscos e os casos de uso comuns para esses modelos de nuvem mais populares. Então siga na leitura e saiba mais sobre SaaS e PaaS.

    Software como Serviço (SaaS)

    O conceito mais popular entre os modelos de nuvem é o Software as a Service (SaaS) – estima-se que 92% das empresas em todo o Brasil estão adotando pelo menos uma solução baseada em SaaS.

    Os produtos SaaS são principalmente manipulados por fornecedores de terceiros e são executados diretamente no navegador da web. Isso significa que o usuário não precisa se envolver com as dificuldades de baixar ou instalar o aplicativo no seu dispositivo.

    Como funciona?

    Instalar um aplicativo no seu dispositivo pessoal é um processo indolor – mas isso se torna um grande desafio quando deve ser feito em todos os dispositivos de uma organização, especificamente para o departamento de TI.

    Com o SaaS, os aplicativos são iniciados em um local de servidor remoto e podem ser acessados ​​pelos usuários por meio do navegador da Internet.

    Seu produto SaaS tem um domínio privado, que o usuário pode inserir em sua barra de endereço e acessar o painel. Cada usuário, como proprietário do aplicativo, nunca terá que se perguntar sobre possíveis problemas técnicos, como dados, middleware, servidores e armazenamento.

    Vantagens

    O maior benefício dos produtos baseados em SaaS é que o usuário pode evitar seguir processos duradouros de download e instalação de um aplicativo em todas as máquinas da sua organização.

    Isso alivia as apreensões ligadas às constantes atualizações e upgrades de atualizações. Mesmo que seu sistema seja infectado ou esteja sob ataque, seus dados ainda serão protegidos em um servidor de nuvem remoto em um local externo.

    Aplicabilidade do SaaS

    • Startup ou pequenas empresas que querem lançar sua própria plataforma de e-commerce, mas não tem a capacidade de lidar com problemas de servidor, o SaaS é um dos melhores modelos de nuvem para isso;
    • Casos em que o produto digital de sua empresa requer projetos de curto prazo, que envolvem uma colaboração eficaz;
    • Lançamento de produtos que funcionem melhor na Web e no celular ao mesmo tempo.

    O SaaS é um dos modelos de nuvem mais versáteis: oferece uma ampla gama de aplicativos disponíveis que fornecem soluções para empresas e indivíduos. Os SaaS são ideais para organizações que não querem investir na construção de suas próprias soluções de software internas.

    Exemplos de SaaS

    • Google Apps;
    • Dropbox;
    • Salesforce;
    • Concur.

    Plataforma como Serviço (PaaS)

    Este é um dos modelos de nuvem que permitem a sua empresa criar aplicativos personalizados através do fornecimento de componentes de nuvem para determinados softwares – tornando possível projetar facilmente o aplicativo certo.

    A PaaS permite que os desenvolvedores trabalhem em um determinado aplicativo de uma forma prática, enquanto todos os problemas de servidor, armazenamento e rede são resolvidos por um fornecedor terceirizado.

    Como funciona?

    Segue o modelo de entrega do SaaS – atualmente a única diferença é que o formato fornece uma plataforma em vez de um software pela Internet.

    A Paas fornece aos desenvolvedores a liberdade de criar um aplicativo, onde a plataforma lida com problemas técnicos, como gerenciamento de sistemas operacionais, atualizações de software, armazenamento e infraestrutura.

    Vantagens

    A PaaS é incorporada à tecnologia de virtualização, que se traduz no fato de que os recursos podem ser facilmente ampliados ou reduzidos de acordo com sua exigência.

    Ela permite que um grande número de profissionais possa trabalhar no aplicativo simultaneamente e acessá-lo em tempo real. Além disso, os serviços da Web e os bancos de dados estão todos integrados, o que significa que todas as alterações serão feitas em tempo real.

    Aplicabilidade da PaaS

    • Organizações em que vários desenvolvedores estão trabalhando de maneira coerente no mesmo projeto;
    • Projetos em que a velocidade, o desempenho e a flexibilidade no desenvolvimento são determinantes;
    • Equipes que precisam de um poder de computação extra sem querer se preocupar com integração de sistemas operacionais, administração do servidor e custos associados (energia, aquisição, manutenção, recursos humanos etc.);
    • Empresas que experimentam frequentes picos nos requisitos de computação, mas não têm recursos ou não desejam gerenciar a infraestrutura de TI internamente.

    Exemplos de PaaS

    • Windows Azure;
    • Google App Engine;
    • Force.com;
    • OpenShift.

    Agora que você já conheceu os principais modelos de nuvem disponíveis, descubra o que o Grupo Mult pode trazer para o seu projeto e para a sua equipe – clique e conheça nossas soluções!

    Multron
    RECEBA CONTEÚDOS GERADOS POR ESPECIALISTAS