+55 31 3194 0400

O Modelo Ágil e o DevOps surgiram a partir da crescente necessidade de inovação. Se antes as estruturas das empresas eram pensadas para durar, agora há uma preocupação maior em acompanhar as transformações. Neste cenário, métodos ágeis proporcionam a flexibilidade e adaptabilidade que as organizações precisam para entregar valor aos clientes.

O próprio conceito de Modelo Ágil foi elaborado como alternativa ao desenvolvimento de software tradicional. O princípio rompe com o método inflexível, em modelo cascata, e propõe formas mais assertivas de construção de projetos. Portanto, a metodologia Ágil se baseia em uma visão evolutiva, caracterizada por ciclos menores para entrega contínua de valor.

O DevOps tem sua origem nas ideias do movimento Ágil e também visa melhorar os resultados do setor de TI. No entanto, seu princípio é mais organizacional do que metodológico. O conceito trata de integrar duas importantes áreas da tecnologia: o desenvolvimento (Dev) e a operação de processos (Ops). Assim, a interdependência e a comunicação entre essas duas áreas contribuem para garantir agilidade e qualidade na entrega de produtos.

A combinação de Modelo Ágil e práticas de DevOps, portanto, tem como objetivo obter maior eficiência e qualidade técnica. Ao mesmo tempo, a união desses conceitos proporciona maior agilidade e fluidez nas entregas.

Começar pelo Modelo Ágil ou por DevOps?

A implantação de práticas de DevOps pressupõe a adoção do Modelo Ágil. Neste sentido, a cultura cooperativa entre desenvolvimento e infraestrutura deve ser instituída quando a metodologia ágil já estiver sendo empregada. Afinal, não há coerência em aplicar as práticas de DevOps ao modelo de desenvolvimento tradicional.

Deve-se, portanto, começar pela implementação do Modelo Ágil a partir da capacitação da equipe de desenvolvimento. Em seguida, estrutura-se as entregas em ciclos menores e contínuos. Dessa forma, é possível avaliar as necessidades do projeto durante seu desenvolvimento e proporcionar entregas mais assertivas.

A adaptação ao Modelo Ágil exige uma profunda mudança de mindset. Trata-se de compreender que, no início de um projeto, não se tem uma visão ampla de todas as necessidades. Por isso, a metodologia prioriza a evolução constante por meio das entregas de valor contínuo.

Quando o Ágil estiver estruturado, é hora de dar mais um passo para melhorar a eficiência e qualidade nas entregas. Busca-se então caminhos para aplicar o DevOps, integrando desenvolvimento e infraestrutura (operações).

Isso impõe uma mudança na cultura organizacional ao promover a união de duas áreas distintas. A integração desses setores tende a acabar com conflitos de interesses entre as equipes, que passam a trabalhar alinhadas. Sem contar que o modelo ainda proporciona melhor entendimento da infraestrutura por parte do setor de desenvolvimento, além do feedback mais ágil em todas as etapas da execução do projeto.

Por que combinar as duas metodologias

Modelo Ágil e DevOps devem ser compreendidos como duas metodologias que trabalham juntas. Logo, optar por uma e descartar a outra é ignorar os benefícios de trabalhar com ambas.

Há, inclusive, números que demonstram a tendência de unir essas duas metodologias, provando a eficácia dessa combinação. Exemplo disso é uma pesquisa feita pela Forrester, que ouviu 230 colaboradores de empresas que adotam o Modelo Ágil. Os resultados constam no relatório The State Of Agile 2017: Agile At Scale.

O estudo apontou que ao menos 40% organizações já unem as duas práticas. Dentro desta parcela, 83% das empresas conseguiram obter maior eficiência na entrega. Além disso, 88% passaram a ter lançamentos mais frequentes e retorno financeiro mais rápido com a combinação de Ágil e DevOps. Por fim, 64% acreditam que aprimoraram a qualidade técnica de seus processos.

Sintetizando, a aplicação de Modelo Ágil e DevOps é um importante diferencial competitivo para que empresas se destaquem no mercado, uma vez que a combinação dessas metodologias assume papel estratégico ao acelerar entregas e garantir melhores produtos, o que resulta em maior satisfação do cliente.

Fique por dentro de todos os nossos conteúdos, assine a newsletter do Grupo Mult e não perca nenhuma novidade!

Share This