+55 31 3194 0400

A orientação a serviços nada mais é que a utilização de arquiteturas de softwares orientadas a serviços como o da Internet of Services.  Dentro do conceito de indústria 4.0, a Internet das Coisas, Big Data e Segurança estão entre os três pilares necessários, sendo que o Cloud Computing é a principal “base” desses três.

Cloud Computing (computação em nuvem na tradução livre) é a capacidade de recursos e serviços amplamente disponível e flexível. A infraestrutura do hardware é paga apenas pelo que for utilizado, dando uma flexibilidade que permite a otimização dos recursos computacionais.

Isso significa que não é necessário se preocupar com questões como espaço, poder de processamento e outros, já que o Cloud Computing tem essa característica de expansividade. Com isso, é possível utilizar recursos de modo eficiente, o que se reflete diretamente no custo-benefício da empresa. Além disso, a infraestrutura fica transparente para o usuário, viabilizando uma arquitetura que sempre vai se adequar ao volume recebido.

Dentro desse contexto, há alguns softwares líderes de Cloud Computing: AWS, Microsoft Azure e Oracle Cloud, sendo que todos são focados em atender a indústria 4.0, trabalhando nos modelos:

  • SaaS: Este utiliza um sistema em que a utilização de um software não está relacionada a compra de licenças. Isso significa que você utiliza um software, e paga por essa utilização.
  • IaaS: Semelhante ao SaaS, neste você contrata uma infraestrutura como serviço, sendo a principal vantagem a utilização de servidores virtuais.
  • PaaS: Este sistema permite que os desenvolvedores aumentem a agilidade do desenvolvimento de aplicativos, reduzindo sua complexidade. Desse modo, é possível provisionar, implementar e gerenciar um sistema.

Já os microserviços trazem uma proposta simples: desenvolver sistemas mais flexíveis e escaláveis quando comparadas as arquiteturas monolíticas. Ou seja, a arquitetura de uma aplicação acaba sendo um conjunto de vários serviços, sendo que cada serviço funciona de modo independente. Isso dá flexibilidade, reduz custos, e facilita de modo significativo as alterações necessárias nos serviços.

Como o Cloud Computing e o Microserviços “andam juntos”?

Muitas organizações possuem uma grande dificuldade em se adaptar a indústria 4.0, já que a transformação digital pode ser um pouco “intimidadora” para muitos empresários que estão acostumados com o sistema tradicional de suas empresas. Nesse ponto, utilizar o Cloud Computing junto com o microserviços pode ser uma das melhores opções para as organizações entrarem na revolução industrial.

Com cada serviço funcionando em separado, é possível utilizar o Cloud Computing para gerenciar e configurar cada um dos pequenos serviços de um software, o que traz diversas vantagens, incluindo:

  • Otimização de recursos: É possível ajustar os recursos de acordo com a necessidade individual de cada serviço.
  • Redução de custos: devido a maior flexibilidade no ajuste de recursos.
  • Otimização do sistema: Com cada instância funcionando isoladamente, é possível configurar o servidor de acordo com a necessidade específica de cada um dos serviços.
  • Aumento da estabilidade do sistema: Se um serviço estiver sendo utilizado, ele não afetará um outro serviço.
  • Escalabilidade: É mais ágil e econômico escalar diversas instâncias em um único serviço.

Cloud Computing na indústria 4.0

Em um mercado cada vez mais competitivo, há uma pressão por produtos cada vez mais customizáveis e de baixo custo, e por isso a transformação digital tem sido tão importante para a indústria como um todo.

Atualmente, as máquinas funcionam com sensores de Internet das Coisas com aplicações de Cloud Computing integrando a cadeia produtiva. Essa digitalização dos serviços garante não só todas as vantagens citadas anteriormente, como também traz maior eficiência nas operações.

As soluções em Cloud Computing dão a organização um ambiente virtual para realizar testes de produtos com simulações reais, reduzindo custos no desenvolvimento e reduzindo o tempo de lançamento. Outra solução disponível nas plataformas de Cloud Computing é a utilização de inteligência artificial para automatizar as atividades.

Se o Cloud Computing for bem aplicado e gerenciado, com a organização terá um melhor desempenho das operações de chão de fábrica, reduzirá custos, aumentará a produtividade, além de gerar uma melhor experiência aos usuários.

Conheça outros artigos produzidos pelo Grupo Mult que abordam alguns conceitos da Indústria 4.0, como o artigo IoT, comunicação de dados e microserviços: uma visão integrada para suportar a Indústria 4.0.

Quer se aprofundar na integração de dados? Baixe o e-Book “Como definir a melhor Arquitetura de Integração de Dados”, usando conceitos de SOA, Microserviços e API´s.

 

Share This