+55 31 3194 0400

A Transformação digital trouxe uma saudável e necessária reflexão na comunidade BPM (Gerenciamento de Processos de Negócio ). A estratégia de mapear processos e mantê-los apenas como ferramenta de documentação já é uma etapa vencida. Quando a indústria de tecnologia despontou com soluções de BPM e sua automatização de processos, todos imaginaram que a solução ideal havia sido encontrada.

Porém, a constante e normal mudança dos processos de negócio nos trouxe a realidade da dificuldade de elencar os projetos que significativamente trariam ROI para as empresas. A maioria ficou condenada a grandes projetos com final incerto e retorno sobre o investimento questionável.

As mudanças previsíveis numa economia tão dinâmica precisavam de um modelo mais ágil e flexível para atender a necessidade de estruturar os processos ao mesmo tempo que atendessem a dinâmica dos negócios.

O grande desafio do momento é sobre como usar os processos e as automatizações baseados em conceitos de inovação necessários para a transformação digital.

Os Desafios : O novo BPM frente a era digital

O modelo de BPM calçado no processo do negócio atual da empresa ou baseado em premissas que não levam em conta a ruptura de alguns conceitos pode não atender algumas áreas ou mesmo empresas, que precisam inovar em sua essência.

Esta questão não pode ser tratada como obstáculo para iniciativas de BPM dentro da empresa. O assunto deve ser tratado de frente levando em conta os desafios e restrições do modelo. O momento atual traz muitas dúvidas para todos os gestores. Não existe a certeza e precisamos evoluir para não sermos engolidos pelos concorrentes.

O desafio proposto está em mudar a ótica de abordagem. Não há razão para buscar os erros e melhorias de processos pura e simplesmente. Temos que entender as oportunidades que estão batendo em nossas portas com toda esta mudança de conceitos e tecnologia. Sendo assim é possível dizer que entendemos alguns pontos como sendo muito importantes na reflexão de um novo modelo:

Necessidades Desafios
Planejar ciclos curtos com entregas rápidas e contínuas Como implementar um modelo Ágil com preço fechado
Entender os processos e conciliar com projetos de inovação (mobile, IOT, bots etc…) Ter fornecedores que estejam dentro da mesma maturidade e visão tecnológica
Atuar rapidamente em determinada área Planejar a visão do todo sem abrir mão de entregas mais urgentes
Enxergar o processo ligado a uma solução mensurável e ROI definido Obter o melhor dos processos com ou sem o uso de tecnologias robustas
Avaliar o que é melhor para a empresa no aspecto financeiro: Opex ou Capex Estudo de caso para eventual uso de nuvem

Metodologia Ágil

A metodologia a ser utilizada, levando em conta as dificuldades frente a disruptura digital, fazem total diferença para evoluir no tema de processos. A nova abordagem precisa entender o processo do cliente de forma individualizada. Temos que atender as demandas urgentes, pois as mudanças não esperam as certezas.

O modelo de ciclos curtos por meio de metodologia ágil entrega um resultado muito mais eficaz e permite a flexibilização destes processos quando bem estruturados desde sua concepção inicial.

Não há motivos para esperar a definição de novos projetos. Novas oportunidades estão prontas para serem trabalhadas e, com elas, obter os benefícios da visão de BPM por meio da visibilidade de negócios, análise de desempenho e otimização de processos.

Baixe agora nosso novo e-book!

Fale com um de nossos especialistas

Share This